ENTREVISTA EXCLUSIVA: Rykka

abril 1st, 2016 | by Equipe ESC12points
ENTREVISTA EXCLUSIVA: Rykka
Português
2

Os pais dela a conhecem por Christina Maria. Mas os eurofãs conhecem a Rykka, a cantora ambiciosa e muito determinada a correr atrás de seus objetivos. Ela irá ao Eurovision representar a Suíça com muito orgulho de suas raízes européias. Nascida no Canadá, mas com fortes influências de sua família suíça, a cantora de The Last of Our Kind conta um pouco sobre a sua expectativa para o festival e como lida com as comparações com a vitoriosa Celine Dion.

RYKKA – Suíça – Eurovision 2016

rykka-eurovision

ESC12points: Primeiramente… como a música surgiu na sua vida? Quando você se deu conta de que queria ser cantora?

Rykka: Eu comecei cantando com meu irmão e irmã quando eu era bem jovem. Nossa mãe nos ensinou a cantar. Quando eu tinha 16, comecei a escrever algumas músicas. Desde então, eu mudei meu estilo musical algumas vezes, e até mesmo meu nome artístico de Christina Maria para Rykka. Eu sou muito ambiciosa e vejo a mudança como uma parte importante da vida.

Você se considera uma fã do Eurovision? Se sim, quais suas canções ou artistas favoritos do festival?
Devido ao meu crescimento no Canadá, eu só segui o Eurovision há poucos anos. Eu acho tão incrível que tantas pessoas cresceram com ele e tem uma conexão muito especial com o ESC!

Como você é uma artista suíço-canadense, como você faz para dividir seu tempo entre os dois países?
Eu cresci em Vancouver, no Canadá. Meu avô era da Suíça, e mudou-se para o Canadá para montar uma linda padaria suíça, ele também foi responsável por grande parte da sociedade suíça de Vancouver. Nos últimos anos eu tenho morado no Canadá e na Suíça. No momento, estou ficando na Suíça, e estou muito orgulhosa em representar o país (no Eurovision) porque está no meu sangue e eu amo tanto esse lugar.

Sua canção, The Last of Our Kind, tem uma letra bem interessante. Mas qual é a mensagem que você quer transmitir para o público?
A mensagem de The Last of Our Kind é sempre defender o amor acima de tudo. Lutar por si mesmo e pelas pessoas, e outros seres que não podem se defender. Defender esse amor também significa ir contra seu próprio ego e procurar a verdade.

A Suíça foi representada por duas artistas suíço-canadenses no passado: Celine Dion (1988) e Annie Cotton (1993), e nas duas ocasiões, seu país conseguiu um top 3 como resultado. Você acredita que conseguirá alcançar o resultado delas? Você se inspira, de alguma forma, com isso?
Com certeza isso seria absolutamente incrível e também viria com uma responsabilidade enorme. Uma que eu sou capaz de aceitar e prosperar. Eu estou absolutamente dentro disso e imaginando o tempo todo, eu posso pensar grande. Eu também acho surreal ser comparada com uma lenda como a Celine Dion! É uma honra enorme.

rykka-jobAinda sobre a Suíça, seu país teve dificuldades para classificar para a final… Nos últimos seis anos, apenas duas classificações. O que você está planejando para mudar essa situação?
Eu não acredito que haja uma fórmula pra vencer o ESC. Acho que há um lugar para todos, e por isso algumas coisas talvez funcionem melhor no tempo certo, do que outras. Isso não significa que algo é melhor ou pior pra sempre, só naquele momento específico.

Você pode nos contar sobre sua performance no palco?
Claro que terão surpresas! Estou trabalhando num vestido com a LYN Lingerie, será uma colaboração. LYN x RYKKA! Tanja Dankner, Nyssina e Brandy Butler cantarão comigo em Estocolmo. Elas são cantoras talentosas e estou muito ansiosa de tê-las no palco.

Você planeja lançar um novo álbum depois do Eurovision?
O novo álbum Beatitudes vai sair este ano, as datas exatas são diferentes em cada país. Não lançarei nenhum single antes de maio, mas fiquem de olho numa versão acústica de The Last of Our Kind!

E por último, poderia deixar uma mensagem para os leitores do ESC12points e os eurofãs do Brasil?
Eu quero agradecer a todos pelo apoio! É um sonho daqueles compartilhar essa experiência alucinante com todos vocês. Mandando muito amor para todos!

A Equipe ESC12points agradece de coração a atenção da Rykka e a deseja muita sorte em Estocolmo.

Best of luck, Rykka!!!

Comments

comments

2 Comments

  1. JEFFERSON LAMAS MACARONEL says:

    Rykka, mas uma que amo muito, até agora as entrevistas de voces estao sendo com meus participantes preferidos: Minus One, Zoe e Rykka, ameiiii! Espero que o Nicky e a Laura também aceitem essa entrevista!

  2. Fefe Barreto says:

    Que bom que você gostou, Jefferson! Aguarde que temos mais novidades hein :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *